Partilhe nas Redes Sociais

39 anos ao serviço da Praia da Leirosa

O Clube Recreativo da Praia da Leirosa surgiu em 1978 para se poder praticar futebol de 11 federado na Associação de Futebol de Coimbra, uma situação que abria as portas às camadas juvenis da prática de desporto federado.

Fundado a 7 de Junho de 1978, o Clube Recreativo da Praia da Leirosa (CRPL) tem 656 sócios inscritos desde a sua fundação, dos quais apenas 233 se mantêm como sócios activos.

O objectivo da sua fundação está relacionado com a vontade dos seus atletas de praticar  futebol federado através da Associação de Futebol de Coimbra (AFC). Até essa data, o Praia da Leirosa praticava a modalidade através do Centro de Recreio Popular Marinha das Ondas Praia da Leirosa, filiado no Inatel.

Outra situação que motivou a associação à AFC foi proporcionar às camadas juvenis a possibilidade de praticarem desporto federado, atendendo ao facto de não serem abrangidas pelo regulamento desportivo do Inatel, até aos 16 anos.

Na época de iniciação, 1978/79, o CRPL foi campeão distrital da 3.ª Divisão Distrital. Até à época de 1998/99, o clube participou sempre no Futebol 11, nos campeonatos distritais da AF Coimbra, com camadas jovens e com equipa de seniores.

Nas cinco épocas seguintes participou nos campeonatos de Futsal da AF Coimbra/ FPF,  chegando a participar na 2.ª Divisão Nacional na época de 2002/03. Nos dois anos seguintes a Praia da Leirosa voltou a ter futebol, mas nas competições do Inatel. Em 2007, um grupo de jovens leirosenses, movido pela anterior presidente da direcção, Paula Ramos, procurou acabar com o marasmo que a associação viveu durante quatro anos e, sob a liderança do então presidente Cristiano Ribeiro de Sousa, reergueram o CRPL regressando à prática desportiva com os escalões de futebol na AF Coimbra.

Nessa mesma época, 2007/08, iniciou-se com os escalões de Benjamins e Juvenis, que se mantiveram na época seguinte, reiniciando-se, então, igualmente o escalão de Seniores.

110

jovens atletas

233

sócios activos

39

anos de história

Volta de 180º na aposta desportiva

Na época 2010/11, o CRPL deixou de ter o escalão de Seniores por falta de jogadores. Partiram para outros clubes que lhes remuneravam a actividade. Para o CRPL esta situação sempre foi impraticável, na verdade, é um lema distintivo da actuação do clube – “o amor à camisola”.

O ano 2011 marca uma mudança de 180.º na aposta desportiva, ao dedicar a actividade em exclusivo aos escalões de formação. Hoje, tem 110 atletas a praticar futebol federado e não federado nos escalões de Minis, Petizes, Traquinas, Benjamins, Infantis, Iniciados e Juvenis.

A actual presidente do clube, Paula Vicente, conta que só a partir dos 5 anos de idade é possível praticar futebol federado. Por esse motivo “existem alguns atletas no escalão de Minis que não podem participar nas provas federadas”. Contudo, o CRPL aceita crianças a partir dos 4 anos, pois é a idade que a equipa técnica considera ideal para começar a prática de futebol.

A aposta desportiva deste projecto fez com que o clube conquistasse reconhecimento no município e que fosse procurado por pessoas de localidades vizinhas para integrar o projecto desportivo existente. Na presente época praticam futebol no CRPL, não só atletas da freguesia de Marinha das Ondas, mas das freguesias de Lavos, Paião, Alqueidão, São Pedro e até do concelho vizinho de Pombal. A direcção acredita que com “as condições que estão criadas, muitas mais crianças e jovens vão procurar o clube no futuro”.

Uma das grandes preocupações do CRPL é manter as crianças e os jovens ocupados, de forma a crescerem saudáveis não só ao nível físico, como psíquico e social, adquirindo desta forma, estilos de vida saudáveis que lhes permitam uma preparação para a vida adulta.

A presidente, Paula Vicente, mostra a satisfação da direcção do clube com os resultados e o reconhecimento alcançado com esta aposta desportiva. “Cada vez mais, vimos reforçada a nossa convicção de que a prática do futebol para as nossas crianças e jovens é o meio pelo qual se podem desenvolver cidadãos conscientes e responsáveis, daí o empenho de todos os intervenientes no desenvolvimento deste projecto.”

Títulos granjeados pelo CRPL

Futebol
Campeão Distrital da 3.ª Divisão na época 1978/79
Campeão Distrital 2.ª Divisão na época 1981/82
Taça de Melhor Marcador – José Ribeiro Neves – na época 1983/84
Prémio Fomento Desportivo – 1987 – Companhia de Seguros “O Trabalho”
Reconhecido como “Os melhores do desporto em 1994” pelo Diário As Beiras
Finalista vencido nas épocas 1986/87 Ribeirense-CRPL, 1993/94 UD
Tocha-CRPL e 1994/95 Académico do Paço-CRPL
Presença Juvenil na taça Nacional na época 1979/80
Presença na 1.ª eliminatória da Taça de Portugal em 1995
Campeão Distrital 1.ª Divisão nas épocas de 1996/97 e 1998/99
Subiu à 3.ª Divisão Nacional de Futsal, em 2000/2001
1.º Classificado Série B-subida à II Nacional de Futsal, em 2001/2002
2.º Classificado Benjamins Série E, em 2015/2016
3.º Classificado Infantis Série E, em 2016/20177