Partilhe nas Redes Sociais

Mercado de pasta de papel

Nos primeiros cinco meses de 2018, a procura total de pastas hardwood cresceu 4,3%, um incremento adicional do consumo de 0,6 milhões de toneladas.

Nos primeiros cinco meses de 2018, a procura total de pastas hardwood cresceu 4,3% face ao período homólogo do ano anterior, o que se traduziu num incremento adicional do consumo de 0,6 milhões de toneladas. O total de toneladas consumidas entre Janeiro e Maio deste ano foi de 14 milhões de toneladas. Os números são do Pulp and Paper Products Council (PPPC World Chemical Market Pulp Global 100 Report – May 2018).

Analisando a procura em termos geográficos, constata-se que na Europa o consumo de pastas hardwood cresceu cerca de 5,5%, enquanto na China o crescimento foi de 7,8%.

Em termos de evolução do preço da pasta BEKP, o segundo trimestre de 2018 foi caracterizado por uma subida de 3% do preço em dólares americanos face ao trimestre anterior e por uma subida de 6% do preço em euros. O preço médio registado no segundo trimestre do ano ascendeu a 1.043 USD/t (vs. 1.009 USD/t no trimestre anterior), enquanto em euros se cifrou em 871 EUR/t (vs. 824 EUR/to no trimestre anterior).

Para o terceiro trimestre de 2018, em termos de evolução do preço de referência da pasta hardwood, o relatório estima a manutenção do nível de preços em dólares americanos enquanto em termos operacionais, se perspectiva um reforço da eficiência operativa decorrente da conclusão do projecto de investimento na Celtejo, o qual decorre dentro dos prazos previstos, estimando-se que a sua conclusão ocorra durante aquele trimestre.