Partilhe nas Redes Sociais

Góis quer dar boa utilização à biomassa florestal existente no concelho

A Câmara Municipal de Góis, a Altri e a Associação Florestal do Concelho de Góis (AFCGóis) assinaram um protocolo através do qual a Altri assume o compromisso de adquirir a biomassa florestal residual produzida no município de Góis. A autarquia, por seu lado, vai criar e implementar em todo o concelho várias Unidades de Receção de biomassa florestal, que serão geridas pela AFCGóis.

O acordo agora estabelecido prevê o desenvolvimento de acções junto dos proprietários e arrendatários, incluindo associados da AFCGóis, para que entreguem a biomassa florestal dos seus terrenos nas novas Unidades de Recepção. O exemplo vem do município que, através deste protocolo, assume o compromisso de entregar nas Unidades de Recepção toda a biomassa florestal residual proveniente dos seus terrenos.

Este protocolo reforça a posição da Altri na produção de energia renovável através da biomassa, segmento em que já detém quatro centrais com uma produção de mais de 62 megawatts.

As três entidades consideram que com a assinatura deste protocolo de colaboração dão um passo decisivo na valorização da floresta e do aproveitamento dos resíduos florestais, reduzindo também o risco de propagação de incêndios. Esta iniciativa cria valor e segurança ao nível da propriedade florestal, estimulando a constituição de uma cadeia de valor baseada em emprego rural de proximidade e integrada numa política real de desenvolvimento local.